Recordemos, mas prossigamos para o ALVO.

Publié le par Tonio

Centro Cristão de Evangelização. Mensagem do dia 13 de Maio de 2021. 

E aquele sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes: vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga de mortandade, quando eu ferir a terra do Egito.

E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao Senhor: nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo. Êxodo 12:13-14.

Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas.

Eis que farei uma coisa nova, e agora sairá à luz: porventura não a sabereis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo. Isaías 43:18-19.

Recordemos, mas prossigamos para o ALVO.

Amigos leitores, quando Deus libertou o seu povo da escravidão do Egito, foi um tempo memorável. Esse evento ficou guardado nos anais da história de Israel: a PÁSCOA. Foi um momento glorioso.

O Todo-Poderoso manifestava assim o Seu poder contra os egípcios com as dez pragas e algumas horas depois, abria o Mar Vermelho para que o povo passasse em segurança.

Esta história, até hoje marcou o mundo inteiro e todos a conhecem. Filmes e desenhos animados: relatam esse evento fora do comum!

Mas, como fazia referência na nossa precedente mensagem, os primeiros Livros da Bíblia, devem servir sobretudo, como testemunho, a lembrar os homens que viveram as suas primeiras glórias e experiências com Deus.

Tudo isto para dizer o quê? Pouco importa o que você aprendeu há muitos anos. A doutrina que lhe ensinaram, ou os caminhos por onde andou: escutemos o Senhor:

“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que farei uma coisa nova, e agora sairá à luz”.

Querido amigo e senhora, guarde sempre em memória o que Deus realizou na sua vida, mas não esqueçamos as promessas que Ele nos faz hoje: Deus disse ao povo:

“Vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós, praga de mortandade”. Eis que farei uma coisa nova, e agora sairá à luz.

Amados, que fazer? Porventura Deus se contradiz? Esqueço ou não esqueço o passado? Mandamentos que nos colocam em evidência: Lembremo-nos ou não nos lembremos mais? Que fazer?

O que Deus queria e quer, é fazer passar como mensagem, que o Seu povo se lembre para sempre do livramento que Ele lhes tem dado: no Egito e milhares de anos depois, com a vinda de Jesus, para morrer numa cruz, vertendo Seu sangue por nós.

Deus não desejava que o povo ficasse prendido ao seu passado, mas que começassem uma nova vida e conquistassem a Terra Prometida.

Esta conquista Deus no-la transmite através do Seu próprio Filho, morto na Cruz pelos nossos pecados. Pouco importa o que eu era, o que eu fazia. Rico ou pobre ou outra situação, a Sua mensagem é clara e para todos:

“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas”.

A Palavra de Deus nos afirma:

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram: eis que tudo se fez novo”. II aos Coríntios 5:17.

Jesus deu a Sua vida e, dando a Sua vida, também derramou Seu precioso sangue. Esse sangue nos purifica de todos os nossos pecados e hoje estamos cobertos pela Sua graça e Seu amor. Assim nos é garantido, como está escrito:

“Vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós, praga de mortandade”.

 

Amados, guardemos sempre em memória o que Deus realizou nas nossas vidas: o nosso livramento, a nossa salvação, mas não esqueçamos: a cada dia, as Suas misericórdias se renovam:

“As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos: porque as suas misericórdias não têm fim. Novas são cada manhã, grande é a tua fidelidade”. Lamentações 3:22-23.

É importante não esquecer que, o que Deus fez no passado o faz no presente. Ele não mudou.

Olhemos em frente. Cessemos de viver presos a um passado que martiriza, mas sim a um presente que alegra os nossos corações.

Jesus morreu, mas Ele ressuscitou: ELE VIVE. Amém.

 

António Soares.

Um Dia Abençoado para todos vós.

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :
Commenter cet article